Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Gajo das Riscas

Vamos lá então falar de... mobiliário

por O Gajo das Riscas, em 28.11.15

Há uns dias, partilhei convosco a minha angústia e estranha preocupação em termos de... mobiliário. Deve ser da idade, pensei. Mas, depois de um total de 17 comentários no 'post', achei que não. Que esta comunidade serve mesmo para tirarmos dúvidas e acreditar em novas ideias.

 

Vai daí, e porque não fazia sentido terminar a discussão sem uma... votação, partilho convosco as cinco opções que tenho atualmente em mente (foram já eliminadas bem mais que uma dezena de soluções). Posto isto, pretendo agora a colaboração de todos (os que deram a opinião no 'post' anterior e os que entretanto aqui vieram parar) de modo a chegar a um consenso. E não, aqui não funciona como na política. Quem tiver mais votos... ganha.

 

Para ser mais simples, basta escrever no comentário o número (de 1 a 5) da foto que mais gostaram.

 

1.jpg

 

2.jpg

 

3.jpg

 

4.jpg

 

5.jpg

Nunca pensei falar de... mobiliário

por O Gajo das Riscas, em 12.11.15

salas-modernas-1.jpg

Ponto prévio: sou um gajo. Um gajo crescido, vá. A partir daqui, tudo o que possa dizer tem de ser lido tendo em conta o meu lado masculino do qual não posso fugir (nem quero, sublinho).

 

Ando a moer a juízo com a escolha do novo mobiliário para a minha sala. De início, e por comodismo (aproveitando mobiliário que já tinha), apostei nos tons pretos. Móvel TV preto, com mesa de apoio preta, prateleiras de parede pretas, uma cristaleira preta....

 

Agora, ao começar a estudar a compra da parte da sala de jantar (está tudo na mesma divisão, mas eu gosto de pensar que a casa é gigante), olhei em meu redor e... cansei-me da escuridão. Comecei a ler e... é um facto: o preto torna a sala ainda mais pequena. Concordo e subscrevo.

 

Vai daí, pensei logo: mudança radical. Agora, tudo branco. Procurei, vi, estudei e... acho que vou-me cansar tão ou mais depressa de transformar a sala numa espécie de cozinha com electrodomésticos brancos.

 

Ou seja, encontro-me neste impasse: estou decidido a abandonar o atual mobiliário, todo escuro, mas apostar em tudo branco deve cansar rapidamente. A solução? Existem aí coisas giras que misturam o branco com uns carvalhos, pinhos, etc. Mas isso irá colocar todo um novo problema: para acompanhar essa mobília, o preto fica desde logo riscado e mesmo o branco, por si só, pode ficar estranho.

 

E agora?

 

(eu sei, tudo isto foi tudo menos masculino. Mas um gajo crescido, com uma casa só para si, tem de ouvir outras opiniões e nada melhor que um blogue para isso)